segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

PADRE JOÃO MARIA-O SANTO DO SERIDÓ


Nascido na antiga Fazenda Logradouro do Barro, hoje Fazenda Três Riachos, em Jardim de Piranhas no [[Rio Grande do Norte]], foi o filho mais novo de Amaro Cavalcanti e Ana de Barros. Fez curso eclesiástico em um seminário de [[Olinda]] com ajuda de fazendeiros da região. Foi [[ordenado sacerdote]] em [[30 de novembro]] de [[1871]] no [[Ceará]]. Realizou a primeira missa em [[Caicó]] quando tinha apenas 23 anos. Foi vigário de Jardim de Piranhas, Flores, Acari, Papari, e [[Natal (Rio Grande do Norte)

Natal]], assumindo a paróquia de [[Nossa Senhora da Apresentação]], antiga catedral da capital potiguar, em [[1881]].



Foi bastante conhecido por seus trabalhos em prol dos mais necessitados. Em 1878, em Flores, participou do combate à seca e da [[epidemia]] de [[varíola]]. Ajudou na luta contra a varíola, em 1905, em Natal, onde trabalhou pela libertação dos escravos, o que lhe rendeu o apelido de ''Pais dos Negros Forros''. Criou em Natal o Escola São Vicente, para crianças pobres e fundou a imprensa católica, editando o jornal "Oito de Setembro". Batizou, entre milhares de outros natalenses, o historiador [[Luís da Câmara Cascudo]], no dia 9 de maio de 1901.



No dia 16 de outubro de 1905, acabou falecendo, vítima da mesma doença que tanto combateu, a varíola. Sua morte abalou a cidade e, desde então, é considerado como o Santo de Natal. Um busto, em sua homenagem, foi colocado na praça, que hoje recebe seu nome, localizada por trás da antiga catedral. O busto foi esculpido por Hostílo Dantas com pedestal em granito trabalhado por Miguel Micussi. Ainda hoje, fieis costumam fazer promessas, se benzem com água benta e agradecem ao "santo" com pequeno objetos que fazem alusão às graças obtidas.



Em 7 de Agosto de 1979 os restos mortais do Pe. João Maria foram transladados do Cemitério do Alecrim para a Igreja de Nossa Senhora de Loudes, no Alto do Juruá, localizado no bairro de Petrópolis, Zona Leste da capital.



Um comentário:

  1. porq, vc não foi aos 3 riachos para fazer fotos da faz. do padre?

    ResponderExcluir